© 2023 por SM Comunicação. 

Photo by Philipp Birmes from Pexels

Buscar
  • Stenio Moura

3 PRINCÍPIOS NOS NEGÓCIOS


Decidi fazer essa lista de 3 coisas simples que considero fundamentais para ter sucesso em uma carreira de negócios. Ao longo do texto você perceberá que trata-se mais de comportamento e mudança de postura do que de técnicas a serem adquiridas em livros, vídeos e salas de aula.


Claro que existem outros tantos itens que poderiam ser incluídos, mas esses 3 escolhidos são os que formam, para mim, o tripé do excelente profissional de negócios.


LIDERANÇA, PROFUNDIDADE, EXCELÊNCIA


As palavras são guias para podermos nos aprofundar em cada uma delas.

Você perceberá que citarei exemplos da minha experiência dentro do setor de comunicação, mas a atitude de cada uma delas vale para qualquer área.


LIDERANÇA

Há muitos gurus que indicam o caminho para uma boa gestão de pessoas, liderança de equipes, construção de ambientes confiáveis para o bom desenvolvimento de grandes projetos. Tudo isso é muito válido. Porém não quero falar de técnicas, mas sim da essência, que é liderança partindo do ser-humano.


Você tem que enxergar que todas as pessoas ao seu redor são seres-humanos com vidas complexas, cheias de desafios e anseios. Há muito tempo existiu vida pessoal e vida profissional. Hoje, acredito em uma vida única. Uma pessoa única que é feita de sentimentos, desejos, sonhos, angústias, ou seja, de emoções. Cabe a nós, pessoas, percebermos essa complexidade nas outras pessoas que convivemos, e aplicar a Regra de Ouro, já citada por Napoleon Hill, que é 'fazer aos outros apenas aquilo que desejaríamos que os outros nos fizessem, se estivessem em nossa situação'. Perceba que não estou falando de um chefe aqui e nem de uma pessoa que ocupa um alto cargo na empresa. Mas sim, da atitude que cada pessoa do mais baixo ao mais alto nível, deve ter. Porém, essa atitude precisa ser feita de forma legítima e não forçada. E o primeiro passo para ser legítimo é começar a exercitar e experimentar essa atitude.


Enxergue os outros ao seu redor e faça muito mais por eles do que por você.

PROFUNDIDADE

Desde quando comecei minha carreira de atendimento publicitário, o que mais ouvi foi: "Você precisa entender do negócio do seu cliente". Sempre me perguntei qual de fato era o negócio do meu cliente da ocasião e qual era o negócio da agência que estava trabalhando.


Ter clareza sobre os dois negócios e a relação entre eles é fundamental para você ir mais fundo e conseguir de fato ir além de responder briefings e ser o extinto "leva e trás".

Acompanhe o raciocínio.


Conhecimento gera valor. Valor gera autoridade e receita. Isso significa que quanto mais conhecimento você adquirir sobre determinado assunto, maior será sua vantagem competitiva em relação aos demais players do mercado (entenda players como outras empresas e outros profissionais de negócio). Quanto mais vantagem frente aos competidores você tiver, maior será o seu valor percebido como autoridade no assunto. Quanto maior o seu valor de autoridade no assunto, maior será o seu valor financeiro. E quanto maior o seu valor financeiro, maiores as possibilidades de você e sua empresa entrarem em projetos de alto impacto (estou falando em novos modelos de negócio onde empresas são sócias umas das outras e também das pessoas).


Quando você aplica esse conceito de ir fundo em cada projeto, em cada negócio e entender as inúmeras relações entre eles, você começa a potencializar o valor que você pode gerar para o negócio. Você, profissional de negócios de uma agência, precisa entender que o negócio do seu cliente não é a campanha de marketing que ele está te briefando, mas sim a relação desse produto e empresa com todos os stakeholders e forças que impactam esse negócio, como fornecedores, parceiros, canais de venda, consumidores, concorrentes, governo, etc. Quanto mais fundo você for nessas análises (como uma análise completa de negócio e ambiente), mais você entenderá onde estão as dores e oportunidades no seu cliente.


Uma vez, durante uma mentoria do Grupo de Atendimento & Negócios, o Cláudio Kalim, CEO da Tech and Soul, me disse que um ótimo jeito de entender para onde a empresa, que é seu cliente, está indo, é ouvir as Earning Calls (é uma teleconferência ou webcast, na qual uma empresa pública discute os resultados financeiros de um período coberto pelo relatório). É uma teleconferência aberta, e nela você começa a entender as discussões maiores da empresa e como conectar com o seu dia a dia.


Outra dica muito boa que o Vinícius Medeiros, estrategista, e dos bons, me deu e que ele sempre fazia em qualquer início de planejamento para um cliente, era pegar o relatório anual da empresa e ler inteiro, analisando com estudos de mercado, juntamente com o briefing do cliente. Em sprints que fizemos juntos para alguns clientes identificamos inúmeras oportunidades que se cruzavam entre relatórios anuais, briefings e tendências de mercado. Vale muito a pena esse estudo para cada um dos seus clientes atuais.


Não ache que esse trabalho é do profissional de marketing apenas ou do planejamento estratégico da sua empresa/agência. Conhecer profundamente do cliente é papel também e principalmente do profissional de negócios da agência (vocês verão que raramente chamarei de atendimento, porque o nosso papel é muito mais amplo e profundo).

Dentro da agência, teoricamente será mais simples você encontrar sobre qual é o negócios que precisa ser focado, porque entende-se que você, vivendo nesse ambiente, entenda profundamente para onde ela está indo. Se você ainda não sabe qual o negócio da sua agência, é hora de investigar. Como? Converse com os líderes. Eles adoram falar sobre isso e vão adorar saber que você quer entender para onde estão indo, porque entenderão que você também quer remar para esse lugar. Isso aumentará o seu valor percebido dentro da empresa que você trabalha (olha a referência do item anterior).


Não se contente em discussões rasas. Vá fundo e gaste pelo menos 90% do tempo fazendo perguntas.

EXCELÊNCIA

Digo que esse pilar deve ser uma transversal de tudo que você fizer daqui para frente. Coloque excelência no seu trabalho, na sua relação com as pessoas, nas suas conversas e na forma como lida com cada situação. Quando chegar um problema, encare como uma jornada que percorrerá rumo a mais um aprendizado. Quando tiver que dar um feedback para alguém, idem. Cada situação que passamos na nossa única vida (não tem mais vida profissional e vida pessoal mesmo) é uma grande oportunidade de aprendermos mais, de gerarmos mais conhecimento para nós e para os outros e sabe o que significa ter mais conhecimento certo?


Trabalhe a excelência do planejamento e de cumprir aquilo a que se propôs, trabalhe na excelência operacional do dia a dia. Seja o exemplo na condução dos negócios, com ética, profissionalismo, pontualidade, respeito e muito amor por aquilo que você faz.


Uma entrega excelente possibilita um relacionamento profissional de credibilidade e isso é que faz o cliente voltar.

Desenvolvendo esses 3 pilares como um hábito no seu dia a dia, garanto que você se tornará, cada vez mais, um excepcional profissional de negócios.



Stenio Moura

Business Leader

0 visualização