• Stenio Moura

Você controla os seus resultados?


“Foco na solução.”

“Você precisa bater as metas.”

“Essa entrega é urgente.”

Você provavelmente já ouviu essas frases ou mesmo já as falou.

Todas elas estão focadas nos resultados, percebe?

Solução, metas, entrega.

É interessante porque, cada vez mais, temos nos concentrado nos resultados e desejado chegar a eles o mais rápido e o mais fácil que pudermos.

Temos fixados nossos olhares nesses objetivos de forma obstinada, e isso é muito bom. Até certo ponto.

O que temos feito para chegar a eles?

Faço essa pergunta porque talvez, por não tirarmos os olhos dos resultados, estamos perdendo a chance de nos concentrarmos no processo, no plano e nas pequenas ações que devemos fazer até chegar aos resultados.

Não sei a realidade que você vive hoje porém, durante muito tempo, quis controlar tudo no meu trabalho e na minha vida.

Porém, há coisas que controlamos e outras que não contratos.

No livro Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, Stephen Covey nos apresenta do Círculo de Influência e, nessa teoria, fica bem claro que temos controle somente sobre as coisas que fazemos e nenhum controle sobre os outros e muito menos sobre o ambiente.

Partindo dessa lógica, a partir do que temos controle, podemos dividir em 4 partes, sendo que 3 delas temos 100% de controle e 1 delas não.

Organização: você tem 100% de controle

Planejamento: você tem 100% de controle

Ações: você tem 100% de controle

Resultados: você tem 0% de controle

Tudo isso pra te convidar a concentrar sua energia e tempo naquilo que vai te levar aos seus objetivos.

É importante ter metas e objetivos definidos? Sim, sem dúvida nenhuma. Elas nos mostram o destino.

Porém, é tão importante quanto, nos concentrarmos no caminho.

Afinal, é caminhando que se faz o caminho.

Quando falamos de gasto de energia e tempo, tenho visto muitas pessoas vivendo em 2 extremos:

Ou muito no passado, tornando suas mentes cada vez mais depressivas e saudosistas.

Ou muito no futuro, acentuando a ansiedade sem necessidade. Não controlamos o futuro, não mesmo.

Talvez seja por isso que tenhamos tanto interesse em pessoas que dizem prever o futuro…rs…Temos essa necessidade intrínseca de querer saber o futuro das coisas, de querer viver lá na frente.

A relação que costumo usar de forma consciente para gasto de tempo e energia é 10 80 10, que significa:

10% com a mente no futuro definindo e olhando para os objetivos

10% no passado aprendendo com o que já foi feito e melhorando as ações. Onde?

No presente. Energia, ações e tempo investindo 80% no presente.

É agindo no presente que você constrói o seu futuro.

Você não controla o seu futuro.

Você o influencia agindo no presente.

Quanto mais você quiser chegar no futuro desejado, mais aja no presente e aprenda com os resultados.

Comenta aqui o que pensa sobre isso.

Vamos conversar

Abs

Stenio Moura

0 visualização0 comentário